Juros Imobiliários

O Bradesco e o Itaú, por exemplo, reduziram recentemente as taxas de juros de financiamento para a linha de crédito imobiliário. No caso do Bradesco, a taxa mínima é de 7,30% ao ano mais Taxa Referencial (TR). Antigamente, essa porcentagem era de 8,20% ao ano mais TR. 

Enquanto isso, a taxa mínima do Itaú foi reduzida para 7,45% ao ano mais TR. Antes, esse número era equivalente a 8,10% ao ano mais Taxa Referencial.

Já o Santander conta com taxa mínima de 7,99% ao ano mais TR e o Banco do Brasil, 7,40% ao ano mais TR.

No entanto, a Caixa é o banco preferido pelas pessoas que querem fazer o financiamento de imóveis! Isso porque sua taxa mínima é de 6,50% ao ano mais TR. A TR é a Taxa Referencial, que atualmente está zerada. Os juros máximos caíram 1 ponto percentual, de 9,5% mais TR para 8,5% mais TR. 

Além disso, a Caixa disponibilizou recentemente uma nova forma para o financiamento habitacional utilizando o IPCA como fator de correção. Desse modo, é possível ter taxas de juros de financiamento menores, que variam de 2,95% a 4,95% ao ano + IPCA.

Seguindo o exemplo da Caixa, o Banco do Brasil também lançou uma nova linha de crédito imobiliário usando o IPCA como fator de correção. Entretanto, a taxa de juros mínima oferecida pelo BB é de 3,45% + IPCA.

Compare as taxas de juros de financiamento dos principais bancos

Para ficar mais fácil fazer uma comparação entre taxas de juros de financiamento dos principais bancos, fizemos uma tabela para você. Confira:

 

BancosTaxa mínima de juros de financiamento imobiliário
Caixaa partir de 2,95% + IPCA
Caixaa partir de 6,50% ao ano + TR
Bradescoa partir de 7,30% ao ano + TR
Banco do Brasila partir de 7,40% ao ano + TR
Banco do Brasila partir de 3,45% + IPCA
Itaúa partir de 7,45% ao ano + TR
Santandera partir de 7,99% ao ano + TR

 

Fonte: Levantamento G1 junto aos bancos


Agora que você já sabe quais são as taxas de juros de financiamento dos principais bancos, é hora de identificar qual a melhor para você!

Qual a melhor taxa de juros para o financiamento de imóveis?

Na hora de decidir qual o melhor banco e as melhores taxas de juros de financiamento é preciso levar em conta também as condições de parcelamento, já que cada instituição financeira oferece suas vantagens.

Na Caixa, você pode utilizar o FGTS como parte do pagamento e escolher entre os fatores de correção: TR ou IPCA.

Além disso, é possível quitar o financiamento imobiliário em até 420 meses (35 anos) e contar com parcelas que tenham valor de até 30% da renda familiar bruta.

O Banco do Brasil, assim como a Caixa, oferece até 35 anos para que o pagamento do financiamento seja finalizado. Ademais, o FGTS também pode ser usado para abater parte do investimento.

Também há a possibilidade de financiar até 80% do valor do imóvel residencial que você deseja comprar, seja ele novo ou usado.

No Santander é possível utilizar o FGTS em imóveis residenciais, novos e usados, que estejam avaliados em até R$ 1,5 milhão. Já as prestações podem ser quitadas em até 35 anos, além de poder financiar até 80% do valor do imóvel desejado.

O Bradesco, por sua vez, só permite que as parcelas do financiamento sejam quitadas em até 360 meses (30 anos). Aqui, também há a possibilidade de financiar até 80% do valor do imóvel.

O banco Itaú financia até 82% do valor do imóvel desejado, com valor mínimo de R$ 100 mil. O FGTS pode ser utilizado para abater parte do valor do financiamento e o pagamento pode ser feito em até 360 meses.

Previous
Next

(11) 98979-2357

Todos os direitos reservados a APTOSP - Desenvolvido por: APPN