Financiamento de Imóveis

O que é o financiamento de imóvel? Quem pode financiar e como dar início?

Atualmente o mercado conta com ótimas condições de financiamento, que têm ajudado muita gente na hora de adquirir o seu primeiro imóvel.

Condições que permitem, por exemplo, um pagamento prolongado em até 35 anos, e que podem ser encontradas tanto em instituições públicas quanto privadas, acompanhadas de ótimas taxas de juros que tendem a diluir o valor total em parcelas que podem ser quitadas mais tranquilamente.

Assim, o financiamento imobiliário é uma linha de crédito que a instituição financeira (banco) concede à uma pessoa, para aquisição deste imóvel (casa ou apartamento), seja novo ou usado, em construção ou mesmo ainda na planta, para a finalidade de residir ou trabalhar (comércio).

Esta linha de crédito pode ser parcelada em até 420 vezes, podendo ser paga em até 35 anos. Ou quitada em menos tempo, quando a pessoa em questão tem condições, recebe alguma herança etc.

Atualmente, qualquer pessoa com mais de 18 anos pode tentar um financiamento imobiliário em uma instituição financeira, desde que não tenha restrições no nome (dívidas no SPC ou SERASA) e claro, desde que tenha um contra-cheque que possa comprovar a capacidade de pagar os valores de cada parcela, fora os demais custos e encargos da compra.

Afinal, se a renda mensal não for compatível com todos os custos e parcelas do banco, há um risco do imóvel ser tomado e ir a leilão. Por isso, muita calma nessa hora.

Até aqui, tudo bem? Ótimo! Vejamos, então, como funciona um financiamento imobiliário!

Como funciona o financiamento de imóvel?

Não é tão complicado como se pensa.

Ao tentar um financiamento em um banco, se a instituição aprova o financiamento no nome do cliente, ela paga ao vendedor do imóvel (pessoa física ou jurídica, tal como uma construtora), o valor total exigido ou apenas uma parte dele, e depois cobra do comprador, mensalmente, uma parcela referente a este crédito liberado.

O financiamento imobiliário se assemelha a um “empréstimo” que o banco faz, só que com taxas de juros menores, mas com uma série de exigências a fim de liberar o dinheiro mais rapidamente. Afinal, tratam-se de valores extremamente altos.

Por conta disso, o financiamento de imóvel é uma ótima solução para quem não tem dinheiro suficiente para comprar 0à vista.

Ele permite a diluição do valor total em parcelas que, se bem planejadas, não pesam no bolso nem na conta bancária. Também é uma opção quando a pessoa já dispõe de uma parte do valor em conta, mas não consegue pagar o total à vista.

Nestas circunstâncias, a única coisa que não pode ocorrer é o cliente negociar o imóvel adquirido com terceiros. Para vendê-lo, deverá quitar o financiamento primeiro.

Cuidados por parte de quem vai financiar um imóvel

Tenha os pré-requisitos em dia

São algumas exigências feitas pelos bancos para a concessão de crédito e financiamento. Caso não sejam atendidas, o pedido é rejeitado pela instituição.

– Ser maior de idade (ter mais de 18 anos);

– Comprovar renda com limite exigido pelo banco (a fim de apresentar à Instituição que tem capacidade para quitar o valor das prestações do imóvel);

– Não ter o nome incluso nos serviços de proteção ao crédito, tais como SPC, SERASA, dentre outros.

Previous
Next

(11) 98979-2357

Todos os direitos reservados a APTOSP - Desenvolvido por: APPN